publicado por Otto | Domingo, 15 Maio , 2011, 19:07

Saudações!

 

Agora que a época terminou, pelo menos para o Benfica, é altura de fazer uma rápida análise ao que se passou! Irei analisar por competição!

 

  • Supertaça - Trofeu que Roberto cedo ofereceu ao Porto...é certo que a equipa não jogou bom futebol, mas o golo muito facilitado por Roberto nos instantes iniciais foi determinante...

 

  • Campeonato Português - Uma fraca entrada na época, com Roberto a ceder preciosos pontos foi determinante para o Benfica ficar arredado da luta pelo título! É certo que quando a época começou a equipa toda estava a meio gás e não apresentava bom futebol, mas o factor Roberto foi determinante nos jogos iniciais, também há razões de queixa da arbitragem, mas não tão grandes como as queixas de Roberto! Ainda assim a equipa conseguiu fazer uma boa recuperação e após ter levado cinco golos sem resposta no Dragão, rumou para uma boa série de vitórias...pelo Natal acreditava-se num Benfica candidato ao título! No entanto, a equipa voltou a quebrar e o facto de o Porto não escorregar nunca acabou por ser fatal, e em Braga em jogo 22ª Jornada o Benfica disse um adeus virtual ao titulo...A partir dai a equipa passou a focar-se na Liga Europa e a confirmação oficial que o título seria azul foi na 25ª Jornada, em pleno Estádio da Luz num jogo que o Porto venceu. Assim, o Benfica ficou em 2º lugar, apura-se para a Liga dos Campeões, mas terminou a época a apresenter exibições muito sofríveis...

 

  • Taça de Portugal - Quando na primeira mão da meia final, o Benfica venceu 0-2 no Estádio do Dragão, pensava-se que os encarnados estavam na final da Taça...mas não, na 2ª mão o Porto veio à Luz vencer um apático Benfica por 1-3 e garantiu o lugar na Final. Competição em que a eliminação acabou por ser algo humilhante.

 

  • Taça da Liga - A única conquista da época, final ganha ao Paços de Ferreira e muito se pode agradecer a José Moreira! Ainda assim, troféu que sabe a pouco....quase nada!

 

  • Liga dos Campeões - Lyon, Schalke e Hapoel Tel Aviv eram as equipas do grupo do Benfica, grupo díficil mas possível, no entanto as pobres exibições que o Benfica fez nos jogos fora (3 derrotas) ditaram que a equipa ficasse, com muita sorte, em 3º lugar do grupo, sendo assim repescada para a Liga Europa.

 

  • Liga Europa - A equipa assumiu como objectivo principal este troféu, a partir do momento que foi "arredada" do campeonato, mas no entanto apesar de os principais jogadores terem sido poupados para os jogos desta competição, a equipa a acabou por cair na Meia-Final diante do Sporting de Braga...num jogo em Braga em que o Benfica parecia uma equipa de amadores e nada fez para ganhar o jogo, ainda que se possa queixar de azar num lance ou outro...mas infelizmente, pelo que mostrou nas duas mãos, o Benfica não merecia a final. Mas é curioso ter dito o adeus virtual para o campeonato em Braga...e ter saido da Liga Europa em...Braga! Braga é uma praga!

 

Em termos de jogadores, irei nomear os três melhores, e os três piores:

 

  • Os três melhores:

 

Fábio Coentrão, Pablo Aimar e Salvio! Foram ao longo da época os jogadores com mais garra e que melhor jogaram na equipa do Benfica! O português, claramente o melhor da temporada, condição física fantástica, exibições de encher o olho, e por vezes era o único a remar contra a maré! Sem dúvida um dos melhores latereis esquerdos da actualidade. Aimar, o mago argentino, por vezes travou lutas inglórias contra o meio-campo dos adversários, mas a sua classe é de topo e teve momentos altos...Salvio, começou mal a época, foi criticado, mas assim que engrenou a mudança certa foi capaz de decidir jogos e acima de tudo conquistar os adeptos do Benfica...o que é díficil! Menção honrosa para Jara e Gaitán que em época de estreia tiveram números muito bons e poderão trazer coisas boas ao futuro do Benfica.

 

  • Os três piores:

 

Roberto, Saviola e Kardec! O espanhol, guarda-redes de 8,5 milhões de euros, custou pontos preciosos e falhou nos momentos cruciais da época! É certo que fez um jogo ou outro de elevado nível e defendeu bolas impossíveis, mas perfiro um guarda-redes que defenda as bolas normais e os remates impossíveis podem entrar, e Quim era bom nisso (e foi o guarda-redes menos batido em Portugal a época passada). Saviola jogou até Janeiro, porque depois desapareceu completamente, é verdade que andava em campo mas a sua incapacidade em fazer bem os lances era gritante...e apenas Jorge Jesus não viu isso! Kardec...é dos jogadores que mais me irritam...ele até pode ter potencial, mas a moleza com que anda em campo, a sua falta de capacidade de choque e a sua baixa eficácia fazem dele um dos elementos que menos aprecio neste Benfica. Menção...pouco honrosa também para Felipe Menezes, uma espécie de Kardec do meio-campo só que ainda pior, mas como jogou menos minutos não pode ser tão criticado!

 

 

Em suma, foi uma má temporada do Benfica, ainda que venha a ser recordada daqui a 10 anos ou mais como uma temporada positiva se calhar, afinal a equipa ficou em 2º, foi à meia final de uma competição europeia e ainda ganhou uma tacita.

Para a próxima temporada espero que o Benfica 2009/10 regresse...o Benfica que sufucava os adversários, e não este Benfica por vezes alvo de chacota, inseguro e amedrontado.

 

A todos, um bem haja

sinto-me:
música: Danger Zone - Kenny Loggins

publicado por Otto | Sábado, 30 Outubro , 2010, 14:14

Á entrada para o jogo com o Paços de Ferreira, o Benfica via-se obrigado a vencer. Porquê? Porque terça-feira irá jogar uma cartada decisiva para a Liga dos Campeões, na Luz com o Lyon, e porque dia 7 de Novembro irá defrontar o FC Porto num jogo que para o Porto irá ser pouco decisivo mas para o Benfica é fundamental, será a diferença entre ficar a 4 ou 10 pontos do primeiro lugar...se ficar a 10, será quase impossível recuperá-los.

 

 

Assim, a equipa encarnada entrou com alguma pressão e até deu algum espaço ao Paços de Ferreira...O colectivo não ia deslumbrando e acabou por ser o génio individual de Pablo Aimar que desiquilibrou a contenda! Aos 14' o argentino tem uma arrancada de 50 metros e atirou forte para o fundo da baliza dos Paços de Ferreira...estava feito o 1-0 e o Benfica acalmou o seu jogo.

 

Na 2ª parte, o Paços de Ferreira atacou bastante mas acabou por ser o Benfica de novo a marcar, de grande penalidade após falta sobre Fábio Coentrão, Alan Kardec fez o 2-0 que tranquilizou os benfiquistas. Ainda assim, a equipa do Paços de Ferreira merece uma nota muito positiva pois procurou sempre incomodar a baliza defendida por Roberto! Roberto esse que voltou a estar em bom plano e parece pouco a pouco começar a justificar o investimento...Mas, ainda há muito para jogar e muito irá ser falado ainda sobre este guarda-redes.

 

No final, o Benfica cumpriu os objectivos que Jesus definiu, ganhou, não sofreu golos e não nenhum dos jogadores em risco de suspensão viu amarelo, eram eles Luisão, Maxi Pereira, Javi Garcia e Carlos Martins, sendo que este último nem jogou.

 

O Benfica volta a entrar em campo na Terça-Feira em jogo da 4ª Jornada da Liga dos Campeões frente ao Lyon, no Estádio da Luz ás 19.45h.

 

A todos, um bem haja

sinto-me:
música: Wild Child - Scorpions

publicado por Otto | Quarta-feira, 01 Setembro , 2010, 19:49

Finalmente e após 3 derrotas em jogos oficiais, o Benfica regressou no passado sábado ás vitórias, foi no Estádio da Luz e o adversário foi o Vitória de Setúbal!

 

Luisão após a marcação do golo

 

O Benfica entrava debaixo de uma enorme pressão para este jogo...Roberto, o guarda-redes mais falado dos últimos tempos, iniciava o jogo no banco dos suplentes, estando a titularidade a cargo do brasileiro Júlio César.

 

O Benfica entrou bem no encontro e logo aos 4' após um bom cruzamento de Gaitán, Tacuara Cardozo fez o 1-0 deixando em delirio os benfiquistas presentes no estádio. Há um ano o Benfica venceu o Setúbal por 8-1 e este golo madrugador fez muitos acreditarem que tal façanha era possível de ser repetida...

 

O Setúbal não recuperou do choque de sofrer o golo tão cedo e o Benfica dominava tranquilamente, no entanto aos 22' iria acontecer o momento da noite...Maxi Pereira tem uma falha enorme ao tentar atrasar para Júlio César, e este sem conseguir dominar a bola acabou por cometer falta sobre o jogador do Setúbal...A grande penalidade foi assinalada e Júlio César foi expulso com vermelho directo, decisão justa do árbitro!

 

Foi então que Jorge Jesus se viu obrigado a retirar um jogador de campo, neste caso Salvio, para colocar Roberto...esse tão mal amado! A verdade é que Roberto entrou e defendeu a grande penalidade e todo o estádio comemorou como se um golo do Benfica fosse! Gostei de ver a festa dos jogadores com o guarda-redes, mostrando que a equipa está com ele!

 

 

Antes do intervalo o Benfica fez o 2-0, na sequência de canto de Aimar, Luisão cabeceou para o fundo das redes e foi para o intervalo bastante tranquilo. Na 2ª parte o Setúbal nunca incomodou Roberto e acabou por ser o Benfica a marcar de novo, Aimar foi o autor do golo que resultou de boa jogada entre Coentrão e Gáitan.

 

Posto isto...É Roberto agora o novo herói? Não! Mas espero que este momento tenha sido o de viragem e que o espanhol justifique o investimento.

sinto-me:
música: Escola Boa - Despe e Siga

AOBTW TEAM
ONDE ESTARÁ...
 
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


O que andam a dizer
vc vende amigo 11 961956086 whatsapp
Cara, essa banda é uma das minhas favoritas, pena ...
slash o deus das guitaras
Adorei a comida e o restaurante
Pois, de facto, a verdade é que o tempo não abunda...
Às vezes pode acontecer a situação "Não há mais na...
Confesso que por vezes vejo, mas acredita que acab...
Dez anos depois, os Estados Unidos e o Mundo não r...
Bem, eu como fã adoro o post . O HP também me acom...
Saudações automobilisticas,Bem destes quatro carro...
blogs SAPO
Subscrever Feeds