publicado por Otto | Sábado, 23 Abril , 2011, 16:10

Saudações

 

Ora bem, esta será a primeira edição de uma nova rubrica no blog...Top 5! Como o nome indica, em cada edição irá ser elaborado um Top 5....sobre o que nos aptecer!!!

 

Para esta primeira edição, aptece-me um Top de concertos ao vivo...Claro que não os presenciei, mas pronto, DVDs servem para alguma coisa não é? Vamos então ao Top:

 

  • 5º Lugar - INXS: Live at Wembley 1991

INXS...banda já retratada neste blog e com um dos melhores frontmans da história, Michael Hutchence! O concerto em Wembley foi um dos momentos mais altos da banda, não só por ser num dos palcos mais míticos, mas pela qualidade da actuação...Hutchence mostrou o porquê de ser um dos melhores, no seu estilo sempre extravagante e irreverente e com uma enorme qualidade vocal...os outros elementos da banda em nada ficaram atrás!

 

 

 

 

 

  • 4º Lugar - Def Leppard: Live at Yokohama 1999

Mais uma banda que já foi falada no blog! Os Def Leppard são uma das minhas bandas favoritas e se nos albuns de estúdio as músicas são excelentes, ao vivo ganham ainda mais dinâmica e o que já é excelente consegue ficar ainda melhor! Este concerto é sempre em alta rotação do principio ao fim e a banda corre tanto músicas consagradas de anos anteriores como algumas do novo albúm da altura! O concerto está todo no YouTube....procurem e vejam, vale muito a pena!

 

 

 

 

 

  • 3º Lugar - Scorpions: Live at Wacken Open Air 2006

Scorpions...banda que espero que venha a Portugal este ano...mas que acho que não vou ter sorte! Este concerto foi bastante especial pois promoveu a reunião da banda com alguns antigos elementos, tais como o guitarrista Uli Jon Roth ou o baterista Herman Rarebell! Neste concerto, a banda percorre maioritariamente êxitos do passado, temas como Still Loving You, Blackout ou Rock You Like a Hurricane são interpretados perante uma eufórica multidão áustriaca que delira cada vez que Klaus Meine se dirige a eles!

 

 

 

 

  • 2º Lugar - Roger Waters: The Wall - Live in Berlin 1990

Evento histórico da história da música! Concerto simplesmente fabuloso, quer pela música, quer pelos intervinientes, toda a estrutura montada à sua volta...só vendo mesmo! O concerto ocorreu como "celebração" da queda do muro de Berlim e foram interpretados temas do albúm The Wall dos Pink Floyd...mas o único elemento dos Pink Floyd a actuar foi Roger Waters! A seu lado, estiveram nomes como Bryan Adamas, Cyndi Lauper ou os incontornáveis Scorpions! Além da componente musical, o concerto tem uma enorme componente teatral, e é notável a mobilização feita...os efeitos, tudo! Só vendo é que se tem a noção do quão grande foi este concerto!

 

 

 

 

 

 

 

  • 1º Lugar - Queen: Live at Wembley 1986

Para mim, os Queen são "só" a melhor banda de todos os tempos...E este concerto é fantástico! É certo que muitos dizem que a melhor performance ao vivo dos Queen foi no mítico Live Aid, no entanto apenas tocaram 3 músicas salvo erro...Neste concerto de Wembley, a magia de Freddie Mercury, Brian May, Roger Taylor e John Deacon durou bem mais! Durante cerca de duas horas os Queen levaram a audiência ao rubro e foi sempre notoria a cumplicidade de Freddie Mercury com o público (algo que Kurt Cobain afirmou "invejar" por não conseguir ser assim)! Este concerto foi no seguimento da Magic Tour onde os Queen promoveram o album A Kind Of Magic...Para mim, é este sem dúvida o melhor de todos os concertos!

 

 

 

E os vossos concertos favoritos, quais foram??? Deixem as vossas opiniões...

 

A todos, um bem haja

 

 

sinto-me:
música: Hammer to Fall - Queen

publicado por Otto | Quinta-feira, 10 Março , 2011, 21:03

Olá a todos!

 

Ora, mais uma quinta-feira, mais uma música!

 

A música desta semana, bem, tem piada! Deixo-vos com Taste It, dos INXS:

 

 

"Taste It"

Yes it's me
I am the one
To make you see
Where we belong
I was shaking
Like a leaf
All wrapped up
In my dirty sheets
If I agree to what comes next
I would be faking
With the best of them
It seems a crime
I would commit
Without the difference
Of all the world's gifts

Sweet sweet sweet
Could you taste it

Never never never

Never never never (taste it)

To dream
All the time
Without a scream
In the dead of night
All those faces
Come back to me
I'll be begging
To swim that sea
Yea I made
A picture story
Make you cry
In all your glory
A need to quench
The thirst of many
To justify
And make ready

Sweet sweet sweet
Could you taste it

Never never never (taste it)
Never never never (taste it)
Never never never (taste it)
Never never never (taste it)

This realization
Owes us strength to show
If you're uncertain
You're invited to believe
These are the words I speak
These are the words I speak

A dislocation
From where we once came from
Give sons and daughters
Because we want to go on

These are the words she speaks
These are the words she speaks

Sweet sweet sweet
Could you taste it


Never never never (taste it)
Never never never (taste it)
Never never never (taste it)
Never never never (taste it)

Never never never
Never never never


Termino, como já é habitual, indicando as músicas que já foram destacadas na rúbrica:

  • 7 - O que faz falta, Zeca Afonso (Hans)
  • 6 - O Dia que não terminou, Detonautas (Otto)
  • 5 - Firework, Katy Perry (Hans)
  • 4 - Narcotic, Liquido (Otto)
  • 3 - Cairo, Taxi (Hans)
  • 2 - Who are you?, The Who (Otto)
  • 1 - Starlight, Muse (Hans)

 

A todos, um bem haja

 

sinto-me: Wondering about...
música: Taste It - INXS

publicado por Otto | Quinta-feira, 30 Dezembro , 2010, 19:53

Olá a todos!

 

Esta é a última Quinta-feira de 2010, mas não é por isso que não teremos a nossa rúbrica da música da semana!

 

Ora, a música da semana é de uma banda já falada no blog (aqui e aqui)! Quanto ao porquê da música...Eh pá, há coisas na vida que quando menos esperamos e nada o fazia prever, nos captam a atenção de uma maneira tão idiota!

 

Segue então a música, Mystify, dos INXS:

 

 

 


"Mystify"

All veils and misty
Streets of blue
Almond looks
That chill divine
Some silken moment
Goes on forever
And we're leaving broken hearts behind

Mystify
Mystify me
Mystify
Mystify me

I need perfection
Some twisted selection
That tangles me
To keep me alive

In all that exists
None have your beauty
I see your face
I will survive

Eternally wild with the power
To make every moment come alive
All those stars that shine upon you
Will kiss you every night

All veils and misty
Streets of blue
Almond looks
That chill divine
Some silken moment
Goes on forever
And we're leaving
Yeah we're leaving broken hearts behind

You're eternally wild with the power
To make every moment come alive
All those stars that shine upon you
And they'll kiss you every night

 

 

Termino, destacando todas as músicas já mencionadas na rúbrica:

  • 18 - Happy Christmas(War is over), John Lennon (Hans)
  • 17 - Let it Snow,Twisted Sister (Otto)
  • 16- Santa Claus is Coming to Town, Jackson 5 (Hans)
  • 15 - Long Long Way to Go, Def Leppard (Otto)
  • 14 - Airplanes, B.o.B & Hayley Williams (Hans)
  • 13 - Game of Life, Scorpions (Otto)
  • 12 - Karma Police, Radiohead (Hans)
  • 11 - What a difference a day made, Jamie Cullum (Otto)
  • 10 - Morfina, Mundo Cão (Hans)
  • 9 - Chamem a Policia, Trabalhadores do Comércio (Otto)
  • 8 - Criatura da Noite, Entre Aspas (Hans)
  • 7 - Cold Day in Hell, Gary Moore (Otto)
  • 6 - Meet the Flintstones, BSO (Hans)
  • 5 - Dá um Mergulho no Mar, Xutos e Pontapés (Otto)
  • 4 - Movimento Perpétuo Associativo, Deolinda (Hans)
  • 3 - Who Wants To Live Forever, Queen (Otto)
  • 2 - Uprising, Muse (Hans)
  • 1 - Diamond Eyes, Shinedown (Otto)

 

A todos, um bem haja

 

PS: Foi o post 200 do Blog

 

sinto-me:
música: Mystify - INXS

publicado por Otto | Terça-feira, 27 Julho , 2010, 14:19

 

Altura de concluir o assunto INXS...

 

Estamos em 1992 e a banda lança Welcome to Wherever You Are, albúm que fez um enorme sucesso na Europa, sendo mesmo nº1 no Reino Unido, curiosamente no continente norte-americano o albúm passou um pouco ao lado, sendo apenas 16º! Deste albúm destaco "Heaven Sent" e a bela balada "Not Enough Time".

 

Em 1993 foi lançado Full Moon, Dirty Hearts, fez sucesso relativo na Europa, ainda assim menor que o albúm anterior, no continente norte-americano nem no top 50 entrou...Tiro um pouco falhado dos INXS.

 

Após uma longa pausa, foi lançado em 1997 o albúm Elegantly Wasted que teve um sucesso moderado, deste albúm destaco a música "Elegantly Wasted"!

 

Foi em 1997 que Michael Hutchence foi encontrado morto no seu quarto de hotel em Sydney...Para a sua morte são avançadas algumas teorias, mas o suícidio é a causa mais provável...e a assim nesse ano o mundo disse adeus a um dos melhores frontman de então! No seu estilo irreverente, Michael Hutchence marcou uma geração e era tanto para os INXS como Freedie Mercury era para os Queen...Com a morte de ambos as respectivas bandas voltaram a tocar mas sem alcançar o sucesso e atenção que tinham anteriormente.

 

Depois a banda esteve algum tempo sem tocar e até ao ano 2000 fez algumas aparições com vocalistas convidados...Em 2000 entrou Jon Stevens que ficou com a banda até 2003, nenhum albúm foi editado e os destaques foram a actuação nos Jogos Olímpicos de 2000 e a criação de uma faixa para o Mundial de Rugby de 2003 e para o jogo de Rugby da Electronic Arts.

 

Entre 2004 e 2005 foi realizado o concurso Rock Star: INXS a fim de achar um novo vocalista para a banda, o vencedor foi o canadiano J. D. Fortune, com ele a banda lançou o albúm Switch! A ligação entre a banda e o cantor durou até 2009.

 

Desde então os INXS estão sem vocalista mas encontram-se actualmente a gravar um albúm em memória de Michael Hutchence com a colaboração de vários artistas. O albúm deverá sair ainda este ano!

 

E pronto...Espero que tenham gostado de ficar a saber um pouco mais desta banda que, como outras, marcou a história da música! Termino deixando-vos o video de Elegantly Wasted, uma das minhas favoritas:

 

A todos, um bem haja

publicado por Otto | Domingo, 25 Julho , 2010, 19:08

 

Hoje irei falar-vos de uma das minhas bandas favoritas e das quais à mais tempo sou aficcionado...Os INXS, antes de mais, já de várias maneiras, erradas, pronunciei o seu nome, e a forma correcta é, In Excess...isto para o caso de serem como eu e demorarem a lá chegar!

 

Ora bem, antes de falar da banda propriamente dita, irei falar de como os conheci...Foi sensivelmente no final da década de 90 graças a uma K7 que o meu pai tinha de um concerto deles, o Live Baby Live gravado em 1991 no Estádio de Wembley...como eu ouvia aquilo com gosto e aquelas batidas ficavam no ouvido! Com o passar do tempo, os INXS foram o meu primeiro vicio a sério em termos musicais, estávamos no inicio do milénio e na altura ainda não tinha descoberto a mágia dos Queen e os Def Leppard se me falassem neles diria que era uma marca de brinquedos ou assim...Então os INXS eram a minha banda favorita! Hoje em dia, são uma das favoritas e têm músicas que são muito muito boas e com as quais me identifico. Vamos então falar da história da banda!

 

Os INXS começaram em 1977, na Austrália, com o nome de The Farriss Brothers, a banda era composta por Michael Hutchence na voz, Garry Gary Beers e Tim Farriss na guitarra, Andrew Farriss nas teclas, Jon Farriss na bateria e Kirk Pengilly na guitarra e saxofone. A banda actuou pela primeira vez sob o nome de INXS em Setembro de 1979.

 

Em 1980 lançaram na Austrália e na França o primeiro single, Simple Simon/We are the Vegetables, nesse mesmo ano saiu o primeiro albúm da banda, de nome INXS, desse albúm destaco a música "Just Keep Walking"  que tem uma sonoridade diferente daquilo que são os INXS, sobre o albúm, Michael Hutchence diz que era ingénuo!

 

Em 1981 foi lançado o albúm Underneath the Colours, teve mais sucesso que o anterior entrando directo para o 15º lugar dos tops australianos.

 

Em 1982 começou a chegar um maior reconhecimento internacional com o albúm Shabooh Shoobah, que fez particular sucesso no continente norte-americano. O single "The One Thing" teve grande destaque!

 

Em claro crescendo, a banda em 1984 começou a ganhar ainda mais estatuto com o albúm The Swing, onde o single "Original Sin" esteve nos Tops de diversos paises, curiosamente no Reino Unido este sucesso foi largamente criticado pela critica.

 

A banda estava com a corda toda e em 1985 foi editado Listen Like Thieves, que entrou logo para o 11º lugar do Top norte-americano, nesta altura a banda tinha algumas influências de Led Zeppelin! Deste albúm destaco "What you need"! Neste ano é também de referir a participação da banda no histórico Live Aid.

 

Em 1986 destaco a presença dos INXS como banda de suporte no mítico concerto dos Queen em Wembley!

 

Em 1987 a banda gravou, em Paris e Sydney, o albúm Kick, que é para mim um dos seus melhores! O albúm foi um sucesso a nível mundial, sendo por exemplo nº 1 na Austrália, nº3 nos Estados Unidos e nº 9 no Reino Unido, onde relembro, há bem poucos anos a banda não era muito apreciada! Deste albúm destaco "New Sensation", "Need you tonight", "Never tear us apart" e "Mystify"! São exitos que ficam na história da música.

 

A banda esteve então 3 anos sem lançar qualquer novo albúm e em 1990 saiu então X! O albúm fez sucesso e no Reino Unido por exemplo chegou ao segundo lugar do top! Desde albúm destaco as músicas "Suicide Blonde" e "By My Side". Consta que a música Suicide Blonde terá tido como inspiração a artista Kylie Minogue, com quem Michael Hutchence mantinha um romance.

 

E termino por aqui a primeira parte sobre os INXS...Brevemente teremos a segunda e última parte, abordando temas como a morte de Michael Hutchence e a banda nos dias de hoje. Deixo-vos o video de Mystify, ao vivo, sendo que é umas das minhas músicas favoritas dos INXS:

 

sinto-me: Cruise Control
música: Just Keep Walking - INXS

AOBTW TEAM
ONDE ESTARÁ...
 
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


O que andam a dizer
vc vende amigo 11 961956086 whatsapp
Cara, essa banda é uma das minhas favoritas, pena ...
slash o deus das guitaras
Adorei a comida e o restaurante
Pois, de facto, a verdade é que o tempo não abunda...
Às vezes pode acontecer a situação "Não há mais na...
Confesso que por vezes vejo, mas acredita que acab...
Dez anos depois, os Estados Unidos e o Mundo não r...
Bem, eu como fã adoro o post . O HP também me acom...
Saudações automobilisticas,Bem destes quatro carro...
blogs SAPO
Subscrever Feeds