publicado por Otto | Domingo, 25 Setembro , 2011, 22:50

Saudações malta!

Ontem tive o prazer de assistir no Café Concerto em Pombal ao concerto dos Bad Name, uma banda de Lisboa que a uma das bandas rocks mais icónicas de sempre, os Bon Jovi!

 

 

 

É verdade que não sei ao certo quando é que a banda começou a actuar, mas uma coisa tenho a dizer...o talento é uma cena que lhes assiste bastante!

 

É a segunda banda tributo portuguesa que vejo ao vivo, a primeira (e já várias vezes vista por mim) são os One Vision, e deixem-me dizer que apesar de os One Vision serem bons, os Bad Name conseguem ser melhores! Os One Vision tributam Queen (e muito bem, atenção), mas por vezes não soam a Queen, principalmente a questão vocal (o problema é o vocalista dos Queen ter sido o melhor de sempre), por seu turno os Bad Name soam a Bon Jovi e achei a voz do César (o vocalista mais pequeno do mundo segundo o baixista da banda) muito parecida com a do Jon Bon Jovi!

 

E pronto....Fica aqui este pequeno post a divulgar esta excelente banda de tributo! Se tiverem oportunidade e gostarem de Bon Jovi, vejam! Vale bem a pena!

 

Termino com dois videos deles:

 

A todos, um bem haja!
Nota: A imagem desde post foi retirada do site da banda
sinto-me:
música: One Wild Night - Bon Jovi

publicado por Otto | Domingo, 06 Fevereiro , 2011, 19:40

Saudações!

 

 

 

 

 

O mundo da música ficou hoje mais pobre....Com 58 anos, o guitarrista Gary Moore faleceu em Espanha onde se encontrava a passar férias, a causa da morte é ainda desconhecida! De referir que este senhor era um dos meus ídolos da guitarra.

 

Nascido a 4 de Abril de 1952 em Belfast (Irlanda), Gary Moore teve uma carreira recheada de sucessos, tanto a solo como em bandas, sendo as participações mais conhecidas nos Skid Row e nos Thin Lizzy! O som de Gary Moore era essencialmente Blues-Rock e para sempre ficarão sucessos como Still Got The Blues, Parisienne Walkways, Empty Rooms....entre tantas outras músicas imortais.

 

Deixo-vos com uma curta amostra da sua obra:

 

Empty Rooms

 

 

Still Got The Blues

 

 

 

 

Parisienne Walkways

 

 

 

 

 

O Another One Bites The Web não podia deixar passar o acontecimento e deixa assim uma pequena homenagem a este grande senhor da guitarra.

 

Descanse em paz

 

"Maybe you're gone....but we still got your blues"

 

 

sinto-me:
música: Still Got The Blues - Gary Moore

publicado por Otto | Terça-feira, 27 Julho , 2010, 14:19

 

Altura de concluir o assunto INXS...

 

Estamos em 1992 e a banda lança Welcome to Wherever You Are, albúm que fez um enorme sucesso na Europa, sendo mesmo nº1 no Reino Unido, curiosamente no continente norte-americano o albúm passou um pouco ao lado, sendo apenas 16º! Deste albúm destaco "Heaven Sent" e a bela balada "Not Enough Time".

 

Em 1993 foi lançado Full Moon, Dirty Hearts, fez sucesso relativo na Europa, ainda assim menor que o albúm anterior, no continente norte-americano nem no top 50 entrou...Tiro um pouco falhado dos INXS.

 

Após uma longa pausa, foi lançado em 1997 o albúm Elegantly Wasted que teve um sucesso moderado, deste albúm destaco a música "Elegantly Wasted"!

 

Foi em 1997 que Michael Hutchence foi encontrado morto no seu quarto de hotel em Sydney...Para a sua morte são avançadas algumas teorias, mas o suícidio é a causa mais provável...e a assim nesse ano o mundo disse adeus a um dos melhores frontman de então! No seu estilo irreverente, Michael Hutchence marcou uma geração e era tanto para os INXS como Freedie Mercury era para os Queen...Com a morte de ambos as respectivas bandas voltaram a tocar mas sem alcançar o sucesso e atenção que tinham anteriormente.

 

Depois a banda esteve algum tempo sem tocar e até ao ano 2000 fez algumas aparições com vocalistas convidados...Em 2000 entrou Jon Stevens que ficou com a banda até 2003, nenhum albúm foi editado e os destaques foram a actuação nos Jogos Olímpicos de 2000 e a criação de uma faixa para o Mundial de Rugby de 2003 e para o jogo de Rugby da Electronic Arts.

 

Entre 2004 e 2005 foi realizado o concurso Rock Star: INXS a fim de achar um novo vocalista para a banda, o vencedor foi o canadiano J. D. Fortune, com ele a banda lançou o albúm Switch! A ligação entre a banda e o cantor durou até 2009.

 

Desde então os INXS estão sem vocalista mas encontram-se actualmente a gravar um albúm em memória de Michael Hutchence com a colaboração de vários artistas. O albúm deverá sair ainda este ano!

 

E pronto...Espero que tenham gostado de ficar a saber um pouco mais desta banda que, como outras, marcou a história da música! Termino deixando-vos o video de Elegantly Wasted, uma das minhas favoritas:

 

A todos, um bem haja

publicado por Otto | Domingo, 25 Julho , 2010, 19:08

 

Hoje irei falar-vos de uma das minhas bandas favoritas e das quais à mais tempo sou aficcionado...Os INXS, antes de mais, já de várias maneiras, erradas, pronunciei o seu nome, e a forma correcta é, In Excess...isto para o caso de serem como eu e demorarem a lá chegar!

 

Ora bem, antes de falar da banda propriamente dita, irei falar de como os conheci...Foi sensivelmente no final da década de 90 graças a uma K7 que o meu pai tinha de um concerto deles, o Live Baby Live gravado em 1991 no Estádio de Wembley...como eu ouvia aquilo com gosto e aquelas batidas ficavam no ouvido! Com o passar do tempo, os INXS foram o meu primeiro vicio a sério em termos musicais, estávamos no inicio do milénio e na altura ainda não tinha descoberto a mágia dos Queen e os Def Leppard se me falassem neles diria que era uma marca de brinquedos ou assim...Então os INXS eram a minha banda favorita! Hoje em dia, são uma das favoritas e têm músicas que são muito muito boas e com as quais me identifico. Vamos então falar da história da banda!

 

Os INXS começaram em 1977, na Austrália, com o nome de The Farriss Brothers, a banda era composta por Michael Hutchence na voz, Garry Gary Beers e Tim Farriss na guitarra, Andrew Farriss nas teclas, Jon Farriss na bateria e Kirk Pengilly na guitarra e saxofone. A banda actuou pela primeira vez sob o nome de INXS em Setembro de 1979.

 

Em 1980 lançaram na Austrália e na França o primeiro single, Simple Simon/We are the Vegetables, nesse mesmo ano saiu o primeiro albúm da banda, de nome INXS, desse albúm destaco a música "Just Keep Walking"  que tem uma sonoridade diferente daquilo que são os INXS, sobre o albúm, Michael Hutchence diz que era ingénuo!

 

Em 1981 foi lançado o albúm Underneath the Colours, teve mais sucesso que o anterior entrando directo para o 15º lugar dos tops australianos.

 

Em 1982 começou a chegar um maior reconhecimento internacional com o albúm Shabooh Shoobah, que fez particular sucesso no continente norte-americano. O single "The One Thing" teve grande destaque!

 

Em claro crescendo, a banda em 1984 começou a ganhar ainda mais estatuto com o albúm The Swing, onde o single "Original Sin" esteve nos Tops de diversos paises, curiosamente no Reino Unido este sucesso foi largamente criticado pela critica.

 

A banda estava com a corda toda e em 1985 foi editado Listen Like Thieves, que entrou logo para o 11º lugar do Top norte-americano, nesta altura a banda tinha algumas influências de Led Zeppelin! Deste albúm destaco "What you need"! Neste ano é também de referir a participação da banda no histórico Live Aid.

 

Em 1986 destaco a presença dos INXS como banda de suporte no mítico concerto dos Queen em Wembley!

 

Em 1987 a banda gravou, em Paris e Sydney, o albúm Kick, que é para mim um dos seus melhores! O albúm foi um sucesso a nível mundial, sendo por exemplo nº 1 na Austrália, nº3 nos Estados Unidos e nº 9 no Reino Unido, onde relembro, há bem poucos anos a banda não era muito apreciada! Deste albúm destaco "New Sensation", "Need you tonight", "Never tear us apart" e "Mystify"! São exitos que ficam na história da música.

 

A banda esteve então 3 anos sem lançar qualquer novo albúm e em 1990 saiu então X! O albúm fez sucesso e no Reino Unido por exemplo chegou ao segundo lugar do top! Desde albúm destaco as músicas "Suicide Blonde" e "By My Side". Consta que a música Suicide Blonde terá tido como inspiração a artista Kylie Minogue, com quem Michael Hutchence mantinha um romance.

 

E termino por aqui a primeira parte sobre os INXS...Brevemente teremos a segunda e última parte, abordando temas como a morte de Michael Hutchence e a banda nos dias de hoje. Deixo-vos o video de Mystify, ao vivo, sendo que é umas das minhas músicas favoritas dos INXS:

 

sinto-me: Cruise Control
música: Just Keep Walking - INXS

publicado por Otto | Quinta-feira, 27 Agosto , 2009, 22:42

Continua então a "falação" sobre os Def Leppard...

 

Em 1993 é lançado o albúm Retro-Active, que tem uma curiosidade engraçada! A música Desert Song foi escrita por Joe Elliot em...Portugal, onde a banda se encontrava em Tour(VOLTEM)!

 

Em 1995 sai a primeira antologia que foi também um sucesso de vendes, de referir que continha uma música original, a grande balada When Love and hate colide! Em 1996 a banda lança Slang, um albúm mais comercial e o primeiro em que Vivian Campbell teve uma participação activa! Após esse albúm a banda decide bater um Record, dar num dia 3 concertos em 3 continentes, e assim foi, sendo que os locais foram Tanger(Marrocos, África), Londres(Inglaterra, Europa) e Vancouver(Canadá, América)!

 

Em 1999 é lançado Euphoria, aqui é de destacar o facto do ex-piloto de Fórmula 1 Damon Hill(Some say he's The Stig :P) ter participado num solo da música Demolition Man!

 

Em 2002 sai o albúm X que tem duas músicas de obrigatório destaque, Now e Long Long Way To Go, que segundo Joe Elliot foi das músicas que mais exigiu da sua voz!

 

O último album de originais da banda é Songs From The Sparkle Lounge lançado em 2008 e que é, vá, grande malha!

 

E pronto, espero que tenham gostado de ficar a saber um pouco mais da história desta grande banda e que vão ouvindo Def Leppard nas vossas vidas...Acreditem que há musicas que se enquadram perfeitamente a certas situações...boas ou más!

 

Termino com uma versão acústica de When Love and Hate Colide:

 

 

Vá, para acabar numa onda mais animada, Nine Lives:

 

 

 

sinto-me: Curioso...Muito curioso!
música: Long Long way to go...Def Leppard

publicado por Otto | Quarta-feira, 26 Agosto , 2009, 19:44

Hoje vou falar de uma das minhas bandas favoritas, os Def Leppard!

 

Os Def Leppard surgiram em 1977 em Inglaterra, curiosamente a banda surgiu com o nome de Atomic Mass, porém com a entrada do vocalista Joe Elliot na banda mudam o nome para Deaf Leppard(Leopardo Surdo) mas Tony Kenning, baterista de então, surgiu que mudassem para Def Leppard, nome que se mantem até aos dias de hoje!

 

Em 1978 o guitarrista Steve Clark junta-se ao grupo, no mesmo ano Tony Kenning saiu entrando para o seu lugar Frank Noon, mas este ficou pouquissimo tempo na banda entrando então Rick Allen de apenas 15 anos!

 

Nos anos 80 a banda começou a sentir o sucesso, em 1982 fazem história com a música Bringin on the heartbreak, que foi a primeira balada heavy metal a passar na MTV! Entretanto Pette Willis sai da banda após problemas com a bebida, entrou para o seu lugar Phil Collen, e com ele gravaram o albúm Pyromania que catapultou definitivamente o grupo para o sucesso á escala mundial!

 

Quando foi lançado em 1983, Pyromania discutia os primeiros lugares dos tops com o albúm Thriller de Michael Jackson, ora, considerando que o Thriller foi o albúm mais vendido de sempre, pode dizer-se que Pyromania também é um dos albúns históricos da música! Curiosamente, o video de Photograph superou Beat It, de Michael Jackson, como mais pedido na MTV!

 

Em 1984 a tragédia assola a banda, vitima de um grave acidente, o baterista Rick Allen viu o seu braço ser-lhe amputado e assim a banda cancelou todos os seus compromissos durante um periodo de 4 anos!

 

Em 1988 a banda regressa, com uma bateria especial Rick Allen estava de novo pronto a gravar/tocar e lançam o albúm Hysteria que foi mais uma vez um sucesso!, aliás, foi o disco da banda que mais vendeu! Tinha sucessos como Animal, Love Bites ou Pour Some Sugar on Me!

 

Em 1991 novamente a tragédia bate à porta da banda, com a morte do guitarrista Steve Clark após complicações com o alcoolismo. Para o seu lugar entrou Vivan Campbell(ex-Dio, Whitesnake), sendo que a sua primeira aparição foi no concerto tributo a Freddie Mercury!

 

Em 1992 a banda lança Adrenalize, que foi gravado com apenas Phil Collen na guitarra já que Vivian Campbell não estava ainda na banda na altura da sua gravação...

 

E aqui termina a parte um...Deixo-vos aqui 3 músicas, a primeira Photograph, música que era até dedicada à Diva Marilyn Monroe:

 

 

 

De seguida, Love Bites...protagonizou a banda sonora de um..curioso, momento da minha santa vida :P

 

 

 

Para terminar, Animal, a música que me deu a conhecer Def Leppard:

 

 

 

Parte II coming soon!

sinto-me: Amanhã não sei não!
música: Promises dos Def Leppard pois claro!

AOBTW TEAM
ONDE ESTARÁ...
 
Dezembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


O que andam a dizer
vc vende amigo 11 961956086 whatsapp
Cara, essa banda é uma das minhas favoritas, pena ...
slash o deus das guitaras
Adorei a comida e o restaurante
Pois, de facto, a verdade é que o tempo não abunda...
Às vezes pode acontecer a situação "Não há mais na...
Confesso que por vezes vejo, mas acredita que acab...
Dez anos depois, os Estados Unidos e o Mundo não r...
Bem, eu como fã adoro o post . O HP também me acom...
Saudações automobilisticas,Bem destes quatro carro...
blogs SAPO
Subscrever Feeds